Popular

terça-feira, 29 de agosto de 2017

História do Truco: conheça a origem desse clássico do baralho

 

História do Truco: conheça a origem desse clássico do baralho

Um bom jogo de baralho pode ser ótimo para relaxar depois de um dia atarefado. Um dos mais populares no Brasil, o truco é um carteado muito popular não apenas na região nordeste e nas universidades como um todo, mas é um jogo de séculos na Europa. Ele já foi motivo de dívidas e apostas altas entre a nobreza europeia e carrega várias particularidades. Mas qual a história do truco?
Com uma origem não muito definida e diversas variações nos séculos passados, o truco tem um valor enorme nas mesas brasileiras e europeias. Vamos conhecer um pouco mais de sua história? Descobrir suas nuances antigas pode até oferecer aqueles vislumbres de jogadas matadoras na jogatina atual.

A origem do truco: Inglaterra, França ou Espanha?

A primeira “versão” do truco foi criada na Inglaterra, em meados do século XVII. Nesse período, ele era considerado um dos jogos de apostas mais arriscados. Contudo, como diversos jogos do gênero no território britânico, o truco caiu em descrédito, sendo cada vez mais jogado até ser esquecido por um bom tempo.
Já no século XVIII, o jogo voltou a ser praticado na França e na Espanha, bem como na própria Inglaterra novamente. Cada país, todavia, trouxe suas particularidades para o jogo.

Inglaterra

A versão inglesa, tanto antiga como atual, é jogada com 52 cartas e 2 jogadores ou, no máximo, três. As condições de vitória são definidas em uma “melhor de três”, ou seja, quando o jogador consegue ganhar a “mão” em duas rodadas. Esse fator era o que gerava as maiores apostas.

França

Praticado na região sudoeste da França, o truco tinha diversas variações e até vários nomes. Truc, Trucka, Tru e Truka eram os mais comuns, embora o Truc tenha ficado mais evidente.
Nele, o jogo é feito com 36 cartas e depois com 32, adicionando as opções de dupla ou individual com até 4 jogadores. Vence o jogador que conseguir ganhar duas partidas com 12 pontos, com a mão valendo inicialmente 1 ponto.

Espanha

Praticado na região nordeste do país, o truco espanhol foi o mais versátil em termos de regras. Com 40 cartas, ele era jogado tanto em duplas quanto mano-a-mano.
As condições de vitória são as mesmas do truco francês, e as regras de corte e embaralhamento são um pouco mais intricadas. Foi essa variação que lentamente chegou ao Brasil.

Como o truco chegou ao Brasil?

O truco já existia no Brasil no mesmo período da Inglaterra clássica, sendo bem famoso entre os bandeirantes que exploravam o território de Minas Gerais. Eles aprenderam o jogo com os jesuítas vindos da Europa, e ficou ainda mais popular no final do século XIX.
Ao longo das décadas, o truco passou a ganhar suas particularidades e adaptações. Atualmente, nós não só temos nossas próprias versões de truco praticadas no Brasil inteiro, como desde o ano 2000 ele foi oficializado no Brasil, incluindo uma liga profissional e o Dia do Truco, comemorado em 10 de julho.

Como o truco é jogado hoje?

Atualmente, ele é parte da cultura de regiões como o nordeste, Minas Gerais, São Paulo e na região sul. As variações mais famosas são o truco mineiro, o truco paulista e o truco gaúcho, ou gaudério.
Em competições oficiais, ou as praticadas em jogatinas online, é mais comum ver o truco paulista, por ter regras equilibradas e pouca margem para trapaças. Suas regras se aproximam do truco espanhol, valorizando principalmente a liberdade na distribuição das cartas.
Gostou da história do truco? Ela é fascinante, não é mesmo? Que tal compartilhar nas redes sociais e mostrar como essas variações podem adicionar ainda mais dinamismo ao jogo? Aproveite a jogatina, e até a próxima!

Nenhum comentário:
Write comentários



No Blog Jogos Online Wx você encontra diariamente as últimas noticias sobre games, tecnologia, entretenimento, dicas, as melhores análises e promoções.
© 2017 Blog do Jogos Online Wx. Designed by Designer Wx
Powered by Blogger.