Popular

sábado, 16 de setembro de 2017

Review da Semana – Pokémon Sun & Moon

Em Junho deste ano tivemos a notícia da continuação do game de RPG da GameFreak, Pokémon Sun and Moon, agora intitulados na sequência de Pokémon Ultra Sun & Ultra Moon! Mas e quanto ao game que marcou a sétima geração no mundo dos monstrinhos de bolso? Será que vale a pena conhecê-lo e se preparar para sua aguardada sequência? Lembrando que no GamerNews, já fizemos a Saga Pokémon, onde contamos a sequência de cada game ao longo de seus lançamentos, basta clicar aqui para conhecer mais!
E sem mais delongas, vamos pegar nosso Passaporte de Treinador, nossa mochila, e chegar mais perto à Região de Alola!







Bem-vindos à Alola!

Um clima tropical com quentes referências!
Desde a quinta geração, com Black & White, a Game Freak resolveu buscar referências em grandes cidades para fazer o mundo de Pokémon, mais globalizado e próximo da realidade, fazendo o jogador se aproximar do mundo real! E não foi diferente em sun & Moon, onde Junichi Masuda, um dos cabeças na criação do mundo de Pokémon, decidiu que a nova região seria inspirada nas ilhas do Havaí, com suas ilhas tropicais, o clima quente, e claro, não poderia faltar os monstrinhos de bolso! Junto com a nova região a se visitar, 81 novos monstrinhos apareceram, novamente sendo uma pequena adição, comparado aos games X & Y, anteriormente.
A região consiste em quatro ilhas: Melemele Island, Akala Island, Ula’ula Island e Poni Island. Essas quatro ilhas possuem diversos habitats, seja florestas densas, planícies, áreas vulcânicas e até uma montanha onde há gelo em seu cume, sendo seu ponto mais alto uma referência ao ponto mais alto do Havaí, com mais de 4000m!
Cada região possui seus respectivos Pokémons ali vivendo, e só o jogador só pode ir até uma olha ou outra de barco, ou voando na garupa de um Charizard, pois seus mares agitados impossibilitam os treinadores de surfar com tranquilidade. Além de habitats diferentes, as ilhas possuem distintas cidades, com lojas, Centros Pokémons, locais turísticos e cavernas para se explorar!
Além do mais, a região de Alola é um local especial, pois lá alguns Pokémons acabam sofrendo mutações, recebendo o termo de Alola Forms! Esses Pokémons, além de mudarem seu design, tiveram mudanças em seus Elementos e até mesmo como eles devem evoluir! Um exemplo deste caso é o Alola Meowth, que se transformou em Elemento Trevas, e agora para evoluir para o agora Alola Persian, deve fazer o Pokémon ter o máximo de Felicidade com o jogador! Mais de 30 novos Pokémons tiveram suas Alola-Forms reveladas, e junto com os 81 novos Pokémons, mais de 100 novos foram adicionados à Pokédex! Agora não apenas o jogador precisa das formas clássicas dos monstrinhos, deve também coletar as formas Alola!
Porém o mais incrível foi o seu enredo, que fez diversos ganchos com os games da franquia anterior, como Red, Blue & Yellow! As referências estão jogadas aos montes no game, no cenário, nos diálogos com diversos personagens e também na descrição de alguns monstrinhos na Pokédex! Voltando para o enredo, o game aborda a chegada de um novo treinador vindo da região de Kanto, agora residente em Alola, e desta vez, ele deverá conhecer os novos costumes e tradições de uma nova região, enquanto faz sua escalada até o topo, como Campeão da nova Liga Pokémon! E claro, que o jogador deve lidar com uma equipe vilã, conhecida como Team Skull, uma gangue que apenas quer causar a bagunça e pregar uma espécie de anarquia na região, sendo contra os costumes antigos. A equipe vilã é totalmente inspirada nas gangues da Califórnia, desde seus trejeitos até suas roupas. Além disso, existe um grupo chamado Aether Paradise, onde estes estudam os fenômenos dimensionais causados pelos Pokémons Lendários que aparecem na arte do jogo: Solgaleo, o Leão Devorador de Sóis e Lunala, O Morcego Lunar!





Solgaleo e Lunala


Menos Ginásios e mais Provas!
Em Alola, a população local ainda mantém as tradições no que diz respeito à conexão entre Treinadores e Pokémons. Aqui nesta região, não existe os tão famosos Ginásios Pokémons como existem nos games clássicos, mas sim, as Provas ou as Provações. Porém, quem aplica as devidas provações são os Capitães das Provas, onde eles dão um desafio ao treinador para completá-lo, e assim que feita a tarefa, deve enfrentar um Pokémon mais poderoso e provar sua força em batalha, bem como sua conexão com seus Pokémons. Ao concluir o jogador recebe seu merecido Z-Crystal, além de um tutorial de uma dança para executar um golpe secreto. Porém, o verdadeiro desafio é derrotar os Kahunas, ou os guardiões das ilhas. Treinadores estes, mais poderosos que receberam a permissão dos espíritos das ilhas de defender a região de Alola. Ao todo, são quatro Kahunas que iremos enfrentar, e assim que vencidos, eles dão permissão ao jogador de explorar a nova ilha, com novos desafios!
Uma outra novidade que veio é o Z-Crystal, que recebemos ao derrotar os capitães e os Kahunas. Diferente dos outros games, aqui não recebemos as insígnias, e sim, pequenos cristais que podem ser acoplados em uma espécie de pulseira dada ao jogador de presente, e também dado ao Pokémon como item. Durante as batalhas, o jogador pode executar uma dança, assim sincronizando seu espírito e fervor ao seu Pokémon, assim ele pode executar um movimento secreto e poderoso!
Porém, mesmo não tendo os Ginásios clássicos, ainda mantém o sistema da Liga Pokémon, onde o jogador, assim que concluir todos os desafios das quatro ilhas, pode desafiar outros poderosos quatro treinadores para então, se tornar o Campeão da Liga Pokémon da Região de Alola!





Os protagonistas de Sun & Moon!


Mudanças no Competitivo e no Online!
Algo já pedido, tanto pela parte dos fãs como os jogadores mais competitivos do game, é a mudança no quesito do competitivo! Desde a geração passada, alguns Pokémons, como Talonflame, Gengar e usuários da habilidade Prankster estavam infestando o cenário de batalhas e consequentemente, se tornando maiores ameaças aos jogadores que lutavam contra eles. Para isso, a Game Freak resolveu balancear alguns monstrinhos esquecidos, deixando um pouco mais fortes, e pegando estes dos exemplos citados acima e dando uma leve reajustada, assim mantendo sempre o cenário competitivo mais controlado, mas ainda assim há Pokémons que necessitem de revisões, bem como certas habilidades, mas isso sempre foi comum no dia-a-dia do jogador mais “Hardcore”.
Além do competitivo, o sistema Online de batalhas passou por melhorias, não apenas nas batalhas livres como nas Ranqueadas, onde o jogador recebe pontos por cada vitória, e pela pontuação, pode participar de torneios online! Por falar em torneios, agora estes darão mais recompensas, mesmo a aqueles que não tiveram dos melhores desempenhos, como Berrys raras, itens de batalha e muito mais!
O sistema de trocas também passou por melhorias, sendo mais fluído e menos travado, além do famoso Wonder Trade ter voltado, este sistema que fez vários jogadores felizes ou raivosos com os Pokémons que receberam. Basicamente: é um sistema onde o jogador deposita um Pokémon para troca e recebe um novo totalmente aleatório de outro jogador. Você pode ter sorte em receber um poderoso Dragonite ou Lucario, ou o azar de mais um Caterpie ou Magikarp.









Retrocompatibilidade no melhor estilo!
Claro que no aniversário de 20 anos da franquia, não poderia deixar de faltar recursos e eventos especiais! E com Sun & Moon, não foi diferente. O game possui uma retrocompatibilidade com os games já clássicos, Red, Blue e Yellow! Os games clássicos podem ser adquiridos em sua versão digital na E-Shop e o jogador pode transferir seus monstrinhos clássicos para Sun & Moon. O recurso funciona a partir de um aplicativo pago chamado Poké Bank, onde é possível transferir Pokémons das franquias clássicas e da X & Y e Omega Ruby & Alpha Sapphire.
Para isso, basta o jogador selecionar os Pokémons através do aplicativo que eles automaticamente somem do game anterior e vão parar nas caixas de armazenamento do game Sun & Moon! Como os Pokémons da primeira geração não possuíam habilidades e itens, estes virão sem itens e com suas habilidades padrão já existentes!

E afinal, Vale A Pena? O que esperar de Ultra Sun e Ultra Moon?
A questão aqui, claro, vem do gosto. Nessa geração, novamente houve uma forte divisão entre os fãs, sendo que alguns alegam que o jogo deixou a desejar e que a nostalgia não foi suficiente para comprar, enquanto que outros fãs viram a tentativa da franquia de reinventar e aprovaram o novo rumo que Pokémon está tomando. Além do mais, o game se trata de um RPG, um modo de game onde exige muita paciência, estratégia e dedicação. A questão de valer a pena ou não jogar vai de cada Gamer, mas com a palavra final do Blog, o jogo Vale a Pena sim, pelo seu enredo, pela construção do cenário a partir de suas referências e sua forma de recriar o universo de Pokémon como conhecemos hoje!
E logo menos no final do ano teremos a Ultra Sun & Ultra Moon, sequência do game Sun & Moon! Temos ainda poucas informações sobre o game, mas já é certeza que eles terão uma similaridade com os games normais, mas com formas de Pokémons novos e até outros locais a se explorar. Resta apenas aguardar a Nintendo mostrar mais dessa franquia, que cada vez mais, conquista o mundo!




Imagens de Ultra Sun e Ultra Moon.




Gostou do Post? Tem alguma sugestão para o próximo Review da Semana? Não esqueça de dar uma olhada na BestGamers, onde lá possuí os melhores produtos para quem quer se tornar o novo Mestre Pokémon da atualidade!

Nenhum comentário:
Write comentários



No Blog Jogos Online Wx você encontra diariamente as últimas noticias sobre games, tecnologia, entretenimento, dicas, as melhores análises e promoções.
© 2017 Blog do Jogos Online Wx. Designed by Designer Wx
Powered by Blogger.